Books eBooks Kindle eBooks Kindle Novo Kindle Oasis Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick home_improvement HI Office PC videogames wireless

Avaliação de clientes

4,4 de 5 estrelas
24


50 PRINCIPAIS AVALIADORESem 12 de fevereiro de 2017
Definitivamente, acho que nem os Minions trocariam a descompensada Scarlett Overkill por Sarai... Ela se tornou, no segundo livro, o que eu tanto temia no final do primeiro. Irritante e sem a menor autocrítica... Daquelas que se acham muito espertas, mas só fazem besteira. Enfim... A "evolução" da personagem tirou o brilho do enredo e das demais personagens - algumas muito interessantes, mas que não receberam o devido tratamento.
O livro inteiro é cheio de ideias contraditórias e "erros de continuidade". Além disso, vejo uma porção de explicações fajutas sobre o que consiste a "arte de matar", "os motivos para se matar", "quem merece ser morto", "quem nasceu para matar"... Tudo isso numa lógica infantil pra caramba. Infelizmente, a autora tornou o enredo a mais estranha combinação entre romance água com açúcar da Harlequin Books e o filme "Assassinos Por Natureza". Sinceramente, o que eu estava esperando, desde "A Morte de Sarai" era conhecer os meandros da Ordem, ver o Vonnegut em ação e Viktor transitando por esse universo cruel, torcendo para que conseguisse sair e se redimir; acompanhar Sarai em sua nova vida, considerando opções inteligentes e mais edificantes (e, assim, mostrar que valeu a pena salvar sua vida depois de uma fuga tão difícil do cativeiro). Mas, infelizmente, não foi assim... J.A. Redmerski teria se dado bem se tivesse se esquivado do dilema "vida normal versus vida de matador" e partido direto para a ação. Ao invés disso, a estória gira em torno de Sarai e suas vontades sociopatas.
"O Retorno de Izabel" é uma leitura diferente, porém, a estória me frustrou pra caramba (prometia ser muito melhor!) Sarai se transformou em uma pessoa pela qual é impossível, para mim, sentir qualquer simpatia. Não por ser metida à esperta (isso é o de menos), mas porque a moral da garota tem dois pesos e duas medidas – ela parte para o ataque e curte matar.
Já vi tudo... A série "Na Companhia de Assassinos" é algo que não pretendo acompanhar. "O Cisne e o Chacal" está aí, mas vou deixar passar. A autora está mexendo com valores muito complexos e perigosos, que precisam ser cuidadosamente trabalhados para um livro obter resultado realmente positivo e/ou impactante.
review image
2 pessoas acharam isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 24 de novembro de 2015
Li o primeiro livro e gostei muito. A série trás uma premissa bem diferente da maioria, aonde os personagens são assassinos.
Nesse livro posso dizer que teve o dobro de romance, o que agradou muitíssimo porque é uma das coisas que acho essencial em um livro.
Sarai depois de um tempo sozinha reencontra Victor e ela decide ser chamada de Izabel por definitivo.
Novos personagens são apresentados e os antigos passam a ter um maior aprofundamento.
O livro trás romance, suspense, um pouco de ação, em alguns momentos cenas que te deixam tentando entender coisas e como já disse na minha primeira resenha desse livro, direi novamente: é um livro que ao meu ver possui algumas cenas pesadas de se ler, não tanto quanto o primeiro, mas ainda assim, elas são necessárias para compor todo o enredo do livro, então se você é menor de 18 anos ou não gosta de determinados assuntos, quase indo para o lado do estupro e essas coisas, pense bem.
Não é nada chocante ao ponto da pessoa ficar horrorizada, mas sei que existem pessoas mais sensíveis a determinados assuntos então já acho bom deixar um pequeno alerta.
1 pessoa achou isso útil
|0Comentar|Informar abuso
1000 PRINCIPAIS AVALIADORESem 14 de agosto de 2017
O livro retorno de Izabel é a continuação de a Morte de Sarai. Sinceramente esperava mais desse livro porque o primeiro foi otimo. A foma que a autora conduzio o livro não foi do meu agrado e ouso dizer que se soubesse que o livro era dessa foma não teria contado
|0Comentar|Informar abuso
em 24 de janeiro de 2016
Gostei muito dessa sequencia e já descobri que tem outro livro da série. Nesse O Victor está falando mais e a Sarai parou de chorar um pouco e está mais forte e muito louca...kkkk Não conhecia essa autora e estou adorando os livros dela, recomendo!
1 pessoa achou isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 17 de dezembro de 2017
O livro é tão bom quanto o primeiro. Gostei muito do desenrolar da história e estou aguardando ansiosamente os próximos livros sobre esses maravilhosos assassinos 💙
|0Comentar|Informar abuso
em 17 de novembro de 2015
Quase viciei no livro, mas não me prendi tanto quanto no primeiro
Ainda assim, o enredo me prendeu do começo ao fim!
E me senti impressionada com o psicológico dos personagens, mais uma vez!
|0Comentar|Informar abuso
em 15 de dezembro de 2017
Excelente a história, um livro curto de leitura rápida e bem construída.
Gostei muito principalmente porque realmente veio como a conclusão da história.
|0Comentar|Informar abuso
em 6 de dezembro de 2017
Nossa, o primeiro e o segundo livro são excelentes!! Amo de paixão esse livro!! Superou todas as expectativas! Só queria que tivesse os outros livros! Só tem 3 ou 4 lançados aqui no Brasil dessa série.
|0Comentar|Informar abuso
em 29 de fevereiro de 2016
Sarai sambando de novo na cara dos inimigos. Amei todo a historia e as reviravoltas inesperadas. Vitor arrancando suspiros e Frederick sendo um fofo por mais improvável que seja.
|0Comentar|Informar abuso
em 9 de setembro de 2015
Esta autora é 10! Pena que o livro é fino. Dá vontade de ler além. Vale super a pena! Esperando o próximo.
|0Comentar|Informar abuso


Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui