Books eBooks Kindle eBooks Kindle Kindle Paperwhite Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick HI home_kitchen Computers VideoGames Wireless

Avaliação de clientes

4,8 de 5 estrelas
103
Pílulas azuis
Formato: eBook Kindle|Alterar
Preço:R$16,14


em 25 de agosto de 2015
Ao partilhar sua experiência pessoal com o leitor, Frederik Peeters acaba criando não apenas uma das mais tocantes histórias contemporâneas de amor, mas também um registro corajoso que quebra todos os tabus a respeito do vírus HIV. Disparado o melhor quadrinho de 2015, quiçá, de sua vida também.
0Comentar| 11 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
10 PRINCIPAIS AVALIADORESem 28 de dezembro de 2016
Demorei uns 6 meses pra começar a ler ela. Depois que abri, devorei em 2 dias.
A hq é super sincera, fala principalmente sobre o relacionamento do casal. A doença é um mero detalhe, que horas toma grandes proporções. À medida que eles vão se conscientizando sobre a doença, essas proporções vão diminuindo até ficarem pequenininhas.
Ela também educa sobre o HIV, mas não de forma direta ou didática, mas naturalmente, através de vivências e situações práticas.
No final tem uma extras feitos anos depois, super emocionantes.

E, é claro, não poderia deixar de citar que tem um mamute guru com diálogos super filosóficos e excelentes citações!

Adorei a hq, uma das melhores leituras de 2016
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 14 de outubro de 2017
Frederik Peeters mostra a doença por um outro ângulo, sob o qual muitos de nós não estamos acostumados a ver. É claro que é trágico contrair HIV, mas o autor se dedica para nos mostrar e informar que é possível, nos dias atuais, conviver com a doença. Eu esperava uma história emocionante mas, na verdade, ganhei uma autobiografia otimista e bastante informativa. Recomendo.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 17 de março de 2018
Incrível. Incrível. Incrível.
Esse quadrinho é de uma beleza narrativa que me surpreendeu a cada página.
O autor é absurdamente competente em nós guiar na jornada da vida dele de forma honesta, sincera e verdadeira.
Além de contar sua história, a cada página, o autor nos ajuda a quebrar nossos preconceitos e nos ensina sobre o valor de um amor verdadeiro, entre ele e a Cati e entre ele e o filho dela.
Sensacional.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 17 de março de 2018
Esse livro te pega pelas sutilezas. Além de uma história que tem uma contundência, mas que poderia se perder em lugares comuns, esse quadrinho possui algumas partes que, apesar de simples, encantam pela sensibilidade com que são tratadas. Na verdade, o problema da namorada do personagem principal é tratado com uma leveza e naturalidade que atingem, acredito eu, um do objetivos da obra: desmistificar e diminuir as camadas de preconceitos que recaem sobre o assunto em questão. Além disso, algumas passagens da obra, ainda que bem curtas, chegam a ser poeticamente descritas, a exemplo da parte do elefante. O autor se utiliza da metáfora com maestria. Ouso dizer que muito me fez lembrar da narrativa de Machado de Assis, em alguns aspectos.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
1000 PRINCIPAIS AVALIADORESem 7 de junho de 2017
Ternura, aflição, afeto e impacto. Essa HQ mexe com quem a lê, nos transportando para um universo que não sabíamos que existe. Li numa tarde e me foi bastante comovente :)
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 20 de janeiro de 2017
Essa foi a primeira graphic novel que eu li e por isso as 4 estrelas, principalmente porque não tenho ainda muitos parâmetros para avaliar, ja coloquei outras na fila. Mas vamos lá, quem não tem AIDS ou não conhece ninguém próximo que tenha, muitas vezes não sabe como lidar com essa doença, por conta disso, os portadores do vírus HIV diversas vezes sofrem preconceito e são meio que excluídos de alguns círculos sociais. Essa GN sendo uma autobiografia nos ajuda a ver com outros olhos as pessoas com essa doença ou pessoas próximas aos portadores do virus. Dá para ter uma ideia do que se passa pela cabeça dessas pessoas, suas dúvidas, anseios e inseguranças. Se você não tem AIDS e/ou não tem ninguém próximo com essa doença, essa HQ vai abrir sua mente. Super recomendo.
Marcos Gama.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
1000 PRINCIPAIS AVALIADORESem 4 de janeiro de 2016
Pílulas Azuis é o melhor quadrinho que li em 2015: tocante, sério, cômico, dramático... Poucas são as obras que abrangem um leque tão grande de emoções. Peeters ainda tinha um traço mais experimentalista aqui - e essa "crueza" deixa tudo ainda mais humano, falível.

Grande narrativa gráfica, grande obra de arte.
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 27 de dezembro de 2016
Eis um dos melhores gibis que já li em toda minha vida. Aqui não há capas, plot twists ou explosões existe somente a vida como ela é: rica em sentimentos e ambígua. É como se espionássemos intimamente a vida do autor, de quando ele era jovem até os dias atuais, nos mostrando os sentimentos e pensamentos de ser casado com uma mulher soro positivo. A tragetória é realmente muito bonita, as dúvidas, as frustrações e as conquistas dão uma genuinidade única a história. Um livro que mostra essencialmente o que nos torna humanos. Um gibi raro.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 20 de julho de 2017
Pilulas azuis foi um tapa na minha cara. Eu realmente percebi que nao sabia nada sobre a relação da pessoa portadora de hiv e seus relacionamentos e saúde. Dismistificou bem. E o livro é uma obra de arte. Os traços, os desenhos, as formas... abriu meus olhos para descobrir o que eu quero analisar em meus estudos acadêmicos.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso

Os clientes também visualizaram estes itens:

O Muro
R$18,91
Paciência
R$22,76

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui