Amazon Prime Video Books eBooks eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Kindle Paperwhite Kindle Unlimited Cloud Drive Photos Câmeras Kitchen Informática Videogame Celular



em 30 de agosto de 2017
Nada a reclamar da Amazon, ótimo serviço. O livro está lindamente editado e a história contada é um terror "soft", mas muito bom pra quem gosta da temática, eu acho muito boa, principalmente pelas referências ao inferno de Dante e pelo personagem ser um acadêmico.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 11 de setembro de 2017
Leitura que prende do início ao fim. Agrada em cheio a quem curte filmes ou livros de terror. Recomendadíssimo os fãs do gênero.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 11 de julho de 2017
Quando vi este livro o desejei, adorei a sinopse e parecia uma história simplesmente fantástica; e tinha tudo para ser mas claramente o autor se perde na narrativa com um emaranhado de fatos que tornam a história confusa e até msm maçante, confesso que cheguei a pensar em desistir da leitura em alguns momentos, mas segui firme até o final.
Quando terminei imaginei o que tinha acabado de ler... Parecia surreal um final como aquele, enfim um livro sem pé nem cabeça.
Ponto positivo é o super capricho da editora que confesso já ser fã, capa dura, edição linda!
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 1 de agosto de 2016
Primeiramente a edição do livro está impecável. A editora darkside realmente se importa com o leitor sempre entregando a melhor qualidade possível. Narrativa do livro muito boa, ágil, sem enrolar, vai direto ao assunto. O que me incomodou foi o fato da rápida aceitação por parte dos personagens dos fatos desconhecidos, principalmente vindo de uma pessoa cética.
review image
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 15 de junho de 2017
Poderia ter sido bem melhor, já que apesar da trama bem desenvolvida, não é daqueles livros que nos fazem prender a atenção e de ficar pensando sobre a estória dias a fio. Parece-me sinceramente que o autor elaborou a obra já pensando sobre alguma adaptação às telas, já que trocou o psicológico pela aventura. Quer uma estória verdadeiramente diabólica? Fique com Legion de William Peter Blatty...
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 23 de maio de 2015
A ideia original do livro prometia muito: um cético acadêmico especialista em demonologia se envolvendo com o próprio objeto de sua pesquisa. Mas o resultado é decepcionante. A tal erudição do personagem só existe na intenção do autor. Ela nunca aparece no livro. Não espere análises históricas, filosófica, teológicas ou mesmo assustadoras sobre o Demônio e sua obra. Nada disso aparece com competência no livro. O autor se propôs a algo que não consegui realizar. Uma pena.
0Comentar| 68 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
1000 PRINCIPAIS AVALIADORESem 15 de abril de 2017
Livro Fantastico Onde O Autor Fixa A Leitura Do Começo Ao Fim. Historia QUq Possui Altos E Baixos, Mais Com Citações De John Milton Que Traz Um Historia Contudente, Dramatica, Romantica e Principalmente Suspense.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 29 de novembro de 2016
É complicado dar uma nota ruim para um livro que muita gente gostou e que vendeu tão bem. Mas vamos lá.

Ganhei esse livro de presente e esse foi o único motivo que me fez persistir a lê-lo até o fim. O design editorial da Darkside continua a ser um ponto positivo em todos os lançamentos da editora e é inegável que o livro é, realmente, muito bonito. Infelizmente uma capa bonita não foi (e nunca será) o suficiente para salvar a leitura.
O Demonologista é a história de um professor ateu que é especialista na obra O Paraíso Perdido, de Milton. O protagonista é retratado como um homem solitário e deprimido, que foi traído pela esposa e que vê o seu casamento desabar. Típico protagonista de romances policiais e histórias de terror em geral. Ele recebe a visita de uma mulher misteriosa (da qual chama de "A Mulher Magra"), que oferece uma bela quantia em dinheiro, uma viagem com todas as despesas pagas e com direito a um hotel 5 estrelas, em troca de sua "consultoria" de especialista em um caso misterioso. Após algumas considerações e a notícia de que sua esposa entrou com um pedido de divórcio, ele resolve viajar para a Itália com a sua única filha e conferir o caso. A partir disso, ele vai presenciar uma série de eventos sobrenaturais envolvendo demônios (ou um, em particular). Essa é a premissa do livro - meio Dan Brown.

Para começar, eu não sei porque diabos (trocadilho infame) esse livro é considerado "terror". Eu me assusto facilmente e esse livro me fez bocejar. Os personagens não convencem, nenhum deles. O protagonista, David, diz várias vezes que tem uma relação única com a sua filha Tess, que eles são "iguais", e o livro tenta demonstrar essa "conexão singular" através de alguns flashbacks fracos. A única coisa que me fez acreditar que a relação dos dois era assim, tão especial, foi o fato de isso ser dito over and over again pelo protagonista e a sua melhor amiga - uma outra professora, O'Brien; que, aliás, eu só lembro o nome por ser o mesmo de uma personagem de Downton Abbey. Ela é apagada como todos os outros personagens desse livro. Vemos algumas páginas do diário pessoal de Tess, mas você quase esquece em alguns momentos que a personagem tem, supostamente, 10 ou 11 anos, já que a escrita tem uma séria crise de personalidade, as vezes parecendo ser uma pessoa muito mais velha, e outras vezes flutuando para a infantilidade. Em diversos diálogos, aliás, eu me forcei a voltar alguns parágrafos e ler novamente até entender quem estava falando o quê. As vozes de todos os personagens se misturam, mostrando a incapacidade do autor em criar personagens únicos e interessantes. Isso arrasta a leitura de uma forma que chega a doer.

O livro é recheado de clichês. Achei muito interessante o fato de o protagonista ser especialista em O Paraíso Perdido e a ideia de basear algumas partes do livro em citações da obra de Milton. Mas infelizmente essa ideia se perdeu em um mar de situações previsíveis, mal pensadas e...bestas. O protagonista viaja pelo país e cada parada é uma situação chata atrás da outra, que só servem para mostrar o quão 'malvado' o antagonista é. É revelado em um momento da história que um personagem X tem câncer terminal (talvez para acrescentar um drama desnecessário), mas esse fato se mostra uma justificativa estúpida para o dito personagem embarcar em uma série de situações perigosas - afinal, ele já ia morrer mesmo! (???) - e contribuir para as discussões 'intelectuais' do protagonista David.

Mas nada é pior que o vilão. É dito que o demônio que David enfrenta é, obviamente, um dos muitos servos de Lúcifer, e cabe a ele descobrir o nome do dito cujo. O tal vilão é tão mal caracterizado que cada diálogo só mostra o quão absurdamente infantil ele é. Em alguns momentos eu jurava que estava lendo diálogos de uma criança mimada, ou de um troll em algum fórum online. A soma de um vilão péssimo (que tem, ao mesmo tempo, muito poder e poder nenhum) e um protagonista sem sal me traziam à mente aquele pensamento de "por que estou lendo isso mesmo?". Ninguém quer pensar desse jeito quando embarca em um livro de no mínimo 400 páginas.

Li uma resenha aqui na Amazon que dava a entender que NÃO PODEMOS criticar um livro escrito por um "profissional" - a menos que você próprio já tenha escrito um livro ou feito algo de tão impressionante quanto o Andrew Pyper. Não entrarei no mérito do quão elitista essa afirmação é, apenas digo que, como leitores e principalmente consumidores, todos temos o direito de manifestar a nossa insatisfação - e, claro, satisfação - com uma obra da qual pagamos para ler. E você não precisa ter escrito 'muitos artigos científicos' para isso. Um autor tem zero controle sobre o efeito que a sua obra terá no público e o seu sucesso depende das pessoas que o lêem. O livro está, então, em nossas mãos para termos a opinião que quisermos, assim como a possibilidade de manifestarmos isso.

Arrisque-se, se quiser. Cada leitor é um caso e as diversas resenhas e notas presentes aqui ilustram isso muito bem. :)
0Comentar| 20 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 25 de junho de 2017
Olha a história é muito boa, mas eu prefiro os condenados. Os dois não tem ligação nas histórias, e vale muito a pena.
review imagereview imagereview image
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 21 de março de 2017
contra tudo e todos achei o final do livro sensacional, pura interpretação daquele que lê. história brilhante, agonizante e assustadora. a indagação do livro "ate onde um pai vai por sua filha?" me fez ficar encantada a cada parágrafo do autor.

Me apaixonei pelo livro, pela história e pelo autor. E obrigada darkside por deixar os livros tão lindos e agradáveis de ler.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso

Os clientes também visualizaram estes itens:

Psicose
R$11,90
Exorcismo
R$28,98

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui