Amazon Prime Video Books eBooks Kindle eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Novo Kindle Oasis Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick HI HK Office Computers VideoGames Wireless



10 PRINCIPAIS AVALIADORESem 26 de outubro de 2017
Após terminar de ler o livro "Homo deus: uma breve história do amanhã", cuja leitura indico para quem leu o livro "Sapiens: uma breve história da humanidade", chego à conclusão de que o olhar do autor, tanto para o passado quanto para o futuro, aparenta ser algo fantástico e distópico, não fosse o fato de essa "distopia" estar amparada no conhecimento que, atualmente, dispomos do mundo e de nós mesmos, o que mostra que a natureza é muito mais fantástica do que qualquer estória ou mitologia que possamos inventar. O livro "Homo deus", na minha opinião, é tão bom quanto o "Sapiens" e até mesmo o supera, uma vez que retoma e aprofunda ainda mais os temas anteriormente tratados, além de acrescentar uma visão prospectiva para o futuro. Este livro traz elementos de história, biologia, neurociência e ciência da computação. É uma grande obra, merecidamente celebrada, que nos faz refletir, e muito, sobre a vida, sobre a nossa história e sobre o que nós realmente somos. O autor coloca em xeque até mesmo a nossa visão humanista do liberalismo, que é bastante antropocêntrica e vê o ser humano como o centro de tudo. Harari relativisa esse entendimento com os atuais dados da biologia, em que podemos ser vistos como um sistema de processamento de dados, como algoritmos biológicos. Parece aterrorizante, mas o objetivo do autor não é amedrontar, nem trazer certezas quanto a previsões para o futuro, mesmo porque toda previsão é limitada pelos dados que possuímos no presente. Este livro analisa os dias de hoje, em que algoritmos computacionais são uma realidade utilizada em todos os âmbitos da sociedade e em que desenvolvimentos tecnológicos, como o capacete de ondas eletromagnéticas, é capaz de modificar o funcionamento do nosso cérebro e de alterar estados emocionais, como curar a depressão como em um passe de mágica! O autor fala sobre a busca da medicina pela imortalidade ou pelo prolongamento indefinido da vida, o que pode vir a se tornar factualmente possível, embora possa vir a causar inúmeros outros problemas, bem como do potencial risco de criarmos super humanos, os "homo deus", convivendo ao lado dos "homo sapiens", assim como estes, um dia, conviveram com o "homo erectus", o "homo neandertalense" e outras espécies de humanoides que comprovadamente coexistiram há milhares de anos. O livro fala também da questão ambiental e da natureza, que, como se sabe, engloba todas as espécies de animais, inclusive o "homo sapiens", embora nós tenhamos a tendência a nos colocarmos do lado de fora, como seres especiais para quem Deus criou a natureza, como diz a Bíblia. O autor fala também de comportamentos, questões éticas, direitos humanos e muitos outros temas relevantes. Este livro desconstrói uma série de ideias e apresenta muitas outras, mais consentâneas com o mundo em que vivemos, em que não há mais certezas absolutas, mas meras probabilidades!

# Indico a resenha em vídeo de "Homo deus" feita pelo Lucas, do canal Livros & Negócios, disponível no YouTube. Ao final, ele apresenta 5 aprendizados que podemos ter com a leitura deste livro!
review imagereview imagereview image
0Comentar| 23 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 8 de janeiro de 2018
Gostei mais do primeiro livro, acho que Homo Deus tem muita divagação sobre o que seria do futuro, o que o autor deixa bem claro desde o início que são apenas expectativas, porém, alguns pontos defendidos por ele não são novos, trabalho na área de contabilidade e no mínimo há 25 anos ouço que esta área esta com os dias contados pela automação e a inteligência virtual, mas adivinhem? Nestes anos todos, nossos serviços só aumentaram exponencialmente, simplesmente porque a natureza humana e suas interações com os entes governamentais são complexas e muitas vezes desafiam a lógica computacional, pois as leis tributárias não atendem aos princípios de justiça e lógica, e sim outros interesses que à luz dos últimos eventos sabemos bem quais são. E quem preferiria se relacionar com um computador no dia à dia? Quem já sofreu com o atendimento telefônico "inteligente" da NET por exemplo sabe bem o que é isso. É isso que desejamos para o nosso futuro? Duvido.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 16 de janeiro de 2018
O primeiro livro (Sapiens) é um livro leve, super cativante e muito bem escrito. Não conheço ninguém que não tenha gostado. Agrada diferente públicos.

Já o segundo livro, Homo Deus, também antropológico, é um livro maravilhoso da mesma maneira, mas exige um pouco mais de dedicação do leitor. Para quem quer ler uma continuação do Sapins, com ideias sobre nosso futuro próximo, é imperdível.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 15 de janeiro de 2018
Muito bom, talvez um pouco otimista demais. O primeiro definitivamente é melhor, mas vale a leitura. Sobre a busca da felicidade, acredito que a argumentação é um pouco ingênua, dado que o sistema (seja imperial, capitalista, etc.) SEMPRE a utilizou para manipular as massas e, não acredito que isso mude tão cedo ou em algum momento.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 11 de janeiro de 2018
Ótimo livro!
De uma capacidade abstrativa fantástica... O autor avança por caminhos que nos levam a refletir sobre o cotidiano ao mesmo tempo em que vemos o futuro de forma quase palpável...
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 10 de janeiro de 2018
Li Homo Sapiens, e Homo Deus nos dá uma visão mais pé no chão do futuro da humanidade, algo palpável, nos dá uma ideia do caminhar humano na Terra
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 8 de janeiro de 2018
Gostei mais de Sapiens, uma leitura mais biológica. O livro discute um futuro diferente do que imaginamos, nos faz pensar numa outra realidade.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 12 de janeiro de 2018
Ótimo livro. Reflexivo e filosófico sobre o futuro da humanidade. Leitura obrigatória para os estudantes de humanas e de todas as áreas científicas
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 25 de agosto de 2017
Ainda nao acabei de ler, mas estou gostando muito. Escritor não viaja em ficção, esta muito bem fundamentado as argumentações.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 13 de janeiro de 2018
Uma obra magnífica. Recomendo. Assim como Sapiens, um livro obrigatório para entender o mundo em que vivemos. Muito bom mesmo.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso

Os clientes também visualizaram estes itens:

Sapiens
R$37,90

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui