Amazon Prime Video Books eBooks eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Kindle Paperwhite Cloud Drive Photos Eletronicos Fire TV Stick Kitchen Informática Videogame Celular



em 2 de outubro de 2017
Everybody should read and think about. You will know what we really are and then come back to be a Sapiens. The smartest decision, get a ideology to be yours and be happy.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 28 de setembro de 2017
Ótimo livro, recomendo a todos!

Entrega muito rápida e preço justo, podem confiar, experiência super positiva, parabéns a toda equipe.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 19 de setembro de 2017
Muito bom e instiga a pensar sobre o futuro e nós mesmos. Espero que parte deste livro nunca aconteça e que encontremos soluções alternativas.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 21 de outubro de 2017
Uma grande e atual reflexao sobre o futuro dentro das implicacaoes para a huminadade.
Imperdivel para que gosta de refletir para onde vamos
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 28 de agosto de 2017
Aborda de forma direta e agradável as questões inerentes à humanidade que mais questionamos. Vale a pena a leitura e reflexão.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 29 de julho de 2017
livro bastante envolvente e fácil leitura. recomendo para todos que tem interesse de entender o assunto e debater com os amigos
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 25 de agosto de 2017
Ainda nao acabei de ler, mas estou gostando muito. Escritor não viaja em ficção, esta muito bem fundamentado as argumentações.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 8 de janeiro de 2017
Difícil encontrar palavras que descrevam com fidelidade o conteúdo deste livro. Yuval caminha facilmente para ser um dos maiores pensadores, historiadores e autores desta nova era.
Diversas vezes tive de parar e refletir os questionamentos e reflexões que o autor traz à tona. Muito provocador, sensato e coerente, em Homo Deus ele inicia o livro fazendo uma boa conexão com o seu livro anterior Sapiens: Uma breve história da humanidade , falando um pouco sobre nosso passado, em como passamos a deixar de conduzir nossas vidas em função de uma divindade para adotar o humanismo.
Em seguida ele traz à luz temas que visam mostrar para onde estamos indo, porém não como uma profecia ou previsões, mas sempre trazendo questões para que o leitor reflita e gaste sua massa cinzenta a todo instante.
Gostei da parte dos algoritmos onde vemos surgir uma nova religião que ele chama de dataísmo - a crença nos dados. Embora os dados tenham respondido inúmeras perguntas, também fazem surgir novos problemas e uma falsa sensação de que estamos no controle de tudo. Muito do que é dito com mais profundidade no O sinal e o ruído, de Nate Silver, Yuval traz neste livro com maestria.

Assim como Sapiens, este livro é obrigatório por ser transformador e levantar questões importantes do mundo atual. Mais um que revisitarei e utilizarei para futuros debates, conversas e até mesmo uma releitura.
0Comentar| 52 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 17 de novembro de 2016
Algumas ideias bem complexas (como a incompatibilidade entre a noção de consciência que impulsionou o liberalismo e a evolução dos conhecimentos sobre a mente) são trazidas de modo muito claro e lúcido. Entendo que ele, no fundo, dialoga muito bem com aquele seriado Black Mirror. Ainda assim, vale alertar que o livro não aprofunda muito os temas. Veja-se, por exemplo, o caso da ideia de "oceano de consciência" em que o autor tenta, mas não consegue, fazer uma ligação com as recentes pesquisas com drogas alucinógenas e fMRI. Por fim, a tradução é ruim e a revisão gramatical, de português e de erros de digitação é sofrível.
0Comentar| 40 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
10 PRINCIPAIS AVALIADORESem 26 de outubro de 2017
Após terminar de ler o livro "Homo deus: uma breve história do amanhã", cuja leitura indico para quem leu o livro "Sapiens: uma breve história da humanidade", chego à conclusão de que o olhar do autor, tanto para o passado quanto para o futuro, aparenta ser algo fantástico e distópico, não fosse o fato de essa "distopia" estar amparada no conhecimento que, atualmente, dispomos do mundo e de nós mesmos, o que mostra que a natureza é muito mais fantástica do que qualquer estória ou mitologia que possamos inventar. O livro "Homo deus", na minha opinião, é tão bom quanto o "Sapiens" e até mesmo o supera, uma vez que retoma e aprofunda ainda mais os temas anteriormente tratados, além de acrescentar uma visão prospectiva para o futuro. Este livro traz elementos de história, biologia, neurociência e ciência da computação. É uma grande obra, merecidamente celebrada, que nos faz refletir, e muito, sobre a vida, sobre a nossa história e sobre o que nós realmente somos. O autor coloca em xeque até mesmo a nossa visão humanista do liberalismo, que é bastante antropocêntrica e vê o ser humano como o centro de tudo. Harari relativisa esse entendimento com os atuais dados da biologia, em que podemos ser vistos como um sistema de processamento de dados, como algoritmos biológicos. Parece aterrorizante, mas o objetivo do autor não é amedrontar, nem trazer certezas quanto a previsões para o futuro, mesmo porque toda previsão é limitada pelos dados que possuímos no presente. Este livro analisa os dias de hoje, em que algoritmos computacionais são uma realidade utilizada em todos os âmbitos da sociedade e em que desenvolvimentos tecnológicos, como o capacete de ondas eletromagnéticas, é capaz de modificar o funcionamento do nosso cérebro e de alterar estados emocionais, como curar a depressão como em um passe de mágica! O autor fala sobre a busca da medicina pela imortalidade ou pelo prolongamento indefinido da vida, o que pode vir a se tornar factualmente possível, embora possa vir a causar inúmeros outros problemas, bem como do potencial risco de criarmos super humanos, os "homo deus", convivendo ao lado dos "homo sapiens", assim como estes, um dia, conviveram com o "homo erectus", o "homo neandertalense" e outras espécies de humanoides que comprovadamente coexistiram há milhares de anos. O livro fala também da questão ambiental e da natureza, que, como se sabe, engloba todas as espécies de animais, inclusive o "homo sapiens", embora nós tenhamos a tendência a nos colocarmos do lado de fora, como seres especiais para quem Deus criou a natureza, como diz a Bíblia. O autor fala também de comportamentos, questões éticas, direitos humanos e muitos outros temas relevantes. Este livro desconstrói uma série de ideias e apresenta muitas outras, mais consentâneas com o mundo em que vivemos, em que não há mais certezas absolutas, mas meras probabilidades!

# Indico a resenha em vídeo de "Homo deus" feita pelo Lucas, do canal Livros & Negócios, disponível no YouTube. Ao final, ele apresenta 5 aprendizados que podemos ter com a leitura deste livro!
review imagereview imagereview image
0Comentar| 6 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso