amazon-prime-video Books eBooks Kindle eBooks Kindle Novo Kindle Oasis Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick home_improvement home_kitchen Office PC videogames wireless

Avaliação de clientes

3,5 de 5 estrelas
2
O príncipe e o mendigo
Formato: eBook Kindle|Alterar
Preço:R$20,61

AVALIADOR Nº 1em 23 de agosto de 2014
Realizada por Madalena Parisi Duarte, eis uma boa adaptação para o público infantojuvenil do romance homônimo de Mark Twain.

Tendo como cenário a Inglaterra, no século XVI, Tom Canty, um menino pobre e imaginativo, consegue entrar no palácio real, onde encontra Edward, o príncipe de Gales. Ambos descobrem que são muito parecidos e resolvem trocar suas roupas, mas na hora de acabar com a brincadeira, tudo dá errado. O príncipe acaba expulso do castelo e o mendigo passa a ocupar seu lugar...

Garanto que antes do desfecho dessa história, há muitas aventuras pela frente e os dois protagonistas aprenderão boas lições, revelando um clássico da literatura que vem encantando especialmente os jovem leitores a várias gerações.

Porém, essa publicação deixa a desejar, a medida que não apresenta o "Suplemento Pedagógico" prometido. Por essa razão, atribuo somente três estrelas à obra.
1 pessoa achou isso útil
|0Comentar|Informar abuso
AVALIADOR Nº 1em 27 de janeiro de 2016
A troca de identidade é um assunto recorrente no dia a dia e na ficção. Em pleno século XX, inúmeras mulheres afirmaram ser Anastácia, a filha mais nova do czar Nicolau II, cujo corpo recém-encontrado confirma o massacre de toda família imperial pelos bolcheviques em 1918. Transitando para os contos de fadas, a Bela Adormecida também é uma princesa que, amaldiçoada ao nascer, acaba criada como uma simples órfã por suas fadas-madrinhas.

Mark Twain (1835-1910), um dos mais conhecidos escritores norte-americanos, não passou incólume pelo tema. Inspirado numa viagem à Europa, o escritor resolveu abordar o assunto, realizando uma critica a impiedosa hegemonia da Inglaterra vitoriana. Por sinal, não é de se estranhar sua atitude, a medida que os Estados Unidos, até 1776, foi uma colônia britânica.

Para tanto, o escritor retroagiu ao passado, durante o final do reinado de Henrique VIII, criando uma história baseada na incrível semelhança entre Tom Canty, um menino pobre, e o príncipe Edwad Tudor, sucessor ao trono. Trata-se de um interessante experimento literário, em que Twain flerta com a ficção histórica e meros boatos como já havia feito anteriormente Alexandre Dumas em "O Homem da Máscara de Ferro".

Mediante a perspectiva individual dos protagonistas, se Edward não perde a pompa, apesar de todas as adversidades que padece com a troca, ele reconhece na vida humilde que passa a ter uma solidariedade desconhecida na corte. Em contrapartida, Tom, seduzido pelo poder, não tarda a corromper-se pelas mordomias, apesar de usar de suas prerrogativas para alterar a injustiça de algumas leis.

Seu desfecho, apesar de apontar para o amor, acarreta uma série de atos violentos que aparecem abrandados nas adaptações para o público infanto-juvenil.

Divirta-se!
4 pessoas acharam isso útil
|0Comentar|Informar abuso



Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui