amazon-prime-video Books eBooks Kindle eBooks Kindle Prêmio Kindle de Literatura Novo Kindle Oasis Cloud Drive Photos electronics Fire TV Stick home_improvement home_kitchen Office Computers videogames wireless

Avaliação de clientes

4,7 de 5 estrelas
22
Confesso que perdi: Memórias
Formato: eBook Kindle|Alterar
Preço:R$27,90


em 27 de novembro de 2017
Olá.
Como o proprío Juca disse, parece coisa de Forrest Gump, nao por ser mentira, mas por estar presente ou envolvido de alguma forma em diversas ocasioes importantes da história recente do futebol e porque nao do Brasil.
Passando pela época da ditadura, Diretas Já, criacao da Placar, Playboy, Lance!, apenas para falar de alguns, coberturas de diversas copas do mundo, amizades e inimigos interessantes, como Sócrates, Casagrande, Galvao, Pelé, Ricardo Teixeira, CBF, FIFA, dentre outros.
Livro para ser lido com tranquilidade, capítulos curtos e de verdade, a escrita de Juca sim é a de um jornalista.
Atualmente muitos se dizem jornalistas ( em tempos de mídias sociais entao....) mas leiam e vejam a facilidade com que ele descreve os eventos, narra os fatos, e prende a atencao do leitor. Isso nao se aprende de um dia para outro.....
Um dos melhores livros de memórias ( ou falta dela ) dos últimos anos.
3 pessoas acharam isso útil
|0Comentar|Informar abuso
10 PRINCIPAIS AVALIADORESem 24 de abril de 2018
As memórias de Juca Kfouri relatam as vivências dele em três principais campos:
- esfera política, na qual sempre esteve envolvido, seja como um suporte aos grupos de esquerda fora-da-lei dos anos 60 (!!!!), passando pela redemocratização até a época atual
- esfera futebolística, com ênfase para o Corínthians, mas passando por experiências como coberturas de Copa do Mundo, cartolas, sua amizade com Sócrates (um dos pontos altos do livro)
- esfera jornalística, na qual relata como era a Placar, como era sua relação com a Folha de São Paulo, Lance, Globo, TV Cultura, CBN

Há algumas notas auto-biográficas aqui e ali, mas o foco principal não é esse. Ainda bem, acho que seria um narcisismo sem tamanho acreditar que as pessoas se interessariam por todos os seus casamentos - por isso, obrigado, Juca!

O estilo é bem agradável, mas poderia se aprofundar em alguns pontos. Mas a recordação de muitas coisas que vivi (me recordo da maior parte dos fatos relatados a partir de 1982), além de tê-lo acompanhado no Cartão Verde, Globo, CBN, colunas da Folha, blog fez com que esse livro me trouxesse muitas recordações também.

Por isso, só posso aconselhar a todos que viveram essa época a leitura deste livro.
1 pessoa achou isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 24 de outubro de 2017
Cronista esportivo, Kfouri traz boas histórias do futebol brasileiro que vão de Garrincha, Pelé, Biro Biro, Romário aos 7x1 na Copa do Brasil, passando pelas Olimpíadas de Barcelona, Londres e Brasil. Traz uma visão panorâmica da profunda corrupção que se estabeleceu no futebol brasileiro quando tomado por Havelange, R. Teixeira e Marins. Boas passagens como o que se passou com Ronaldo na copa de 98 (ele acha que foi misto de síndrome do pânico com excesso de medicamentos para dor) e a sensacional cabeçada de Zidane em Materazzi. Vale a leitura.
3 pessoas acharam isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 2 de dezembro de 2017
Muito bom !!! Ganhei com essa leitura, e penso que o Kfouri é um ganhador também, ao contrário do que o título induz. Um vencedor na vida, na profissão dele, nos projetos e causas onde sempre esteve envolvido. Livro muito interessante, narrado por um especialista nas palavras e comunicação, que viveu muitas experiências diferentes ao longo da vida profissional e pessoal. Quem gosta de esporte e política tem um prato cheio aqui, narrado por uma testemunha ocular dos fatos. Já gostava do Kfouri, mas agora sou fã.
3 pessoas acharam isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 15 de agosto de 2018
Livro feito para fãs do Juca, isso não quer dizer que é ruim. Sou suspeito em falar, gosto dele, o Juca trás as passagens mais marcantes de sua vida no livro. Fala dos conflitos que teve com a cbf, Joçao Havelange, torcidas organizadas e problemas pessoais. O livro é fácil de ler, o Português belo e simples como um jornalista deve ser. Como eu disse, pra quem gosta dele é ótimo livro, para quem quer conhece-lo é recomendável e para quem não gosta é a uma oportunidade para ver um outro lado do mesmo. A edição não tem o que falar. A companhia das Letras nunca erra em suas edições, que sempre são em alta qualidade.
|0Comentar|Informar abuso
em 9 de julho de 2018
Um olhar sobre a participação dele na história recente do Brasil.
Corintiano fanático
Crítico e corajoso
Otimista e patriota
Excelente escritor e cronista de seu tempo.
Adorei ler e saber que o acompanho há tanto tempo a ponto de já conhecer grande parte de suas peripécias.
|0Comentar|Informar abuso
em 27 de fevereiro de 2018
Não espere um denso livro de memórias e de auto-promoção. Trata-se um bate-papo leve e animado onde o jornalista faz uso da honestidade que lhe é peculiar. Histórias gostosas e um delicioso passatempo. O nome seria mais adequado para uma outra obra com os bastidores da bola como fizeram Chade e Jennings, e confesso, ainda espero a vinda deste livro.
|0Comentar|Informar abuso
em 25 de dezembro de 2017
Para a geração que vivenciou o futebol nos anos 80 é uma diversão ler os relatos, com a presença de personalidades do momento e num paralelo com a atualidade torna a leitura muito mais saborosa. Parabéns Juca por ter compartilhado com seus fãs suas memórias, que só tive a ganhar!
1 pessoa achou isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 12 de novembro de 2017
Muito bom. Um livro que fala sobre política, futebol e coisas pessoais na medida certa. Vale a leitura. Obrigado Juca.
3 pessoas acharam isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 14 de março de 2018
Juca conta detalhes de momentos importante não só da sua carreira, mas do esporte e da corrupção do nosso país.
|0Comentar|Informar abuso