Books eBooks Kindle eBooks Kindle Novo Kindle Oasis Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick HI home_kitchen Computers VideoGames Wireless



500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 20 de fevereiro de 2016
A primeira coisa que se pensa quando ouve falar de um e-reader é: "Se posso comprar um smartphone ou tablet, que são multifuncionais, por que vou gastar dinheiro com um dispositivo que faz uma coisa só?". Bom... se você está com esse questionamento na cabeça, eu compreendo. Eu também já "esnobei" o e-reader por muito tempo. Até o dia que precisei começar a ler (muitos) textos para minha monografia.

Fazer a leitura de um volume tão grande (mais de 100 itens, dentre artigos, dissertações e teses) no PC seria um sofrimento para minha vista; imprimir tudo seria caro demais e nada sustentável. Então, o que fazer? Foi quando (quase que obrigada) tive que me render ao e-reader. Essa foi a solução “menos ruim” que consegui vislumbrar e acabou por estabelecer um divisor de águas na minha "vida literária". Por isso resolvi escrever uma resenha completinha para os que estão com o fatídico dilema: "investir ou não em um e-reader?". Então, seguem os mitos e verdades sobre este dispositivo sui generis.

1- Não, um e-reader não é um "tablet de uma função só". A tela é COMPLETAMENTE diferente. Só quem experimenta, entende. Claro que, se você já olhou algum em uma loja, viu que realmente parece papel. Mas isso não é suficiente pra alcançar seu real benefício. Só usando para compreender. Um tablet foi feito, principalmente, para servir de interface com a web. Por isso, o brilho da tela não parece incomodar – e é até desejável – até que você resolva a “se aventurar” a ler um livro inteiro nele. Ao contrário do e-reader, que foi desenvolvido para este propósito, é quase impossível passar muito tempo com uma leitura fixa em uma tela comum (tablet, smartphone, PC).

2- Não, a luz do e-reader não é “mesma coisa que tablet”. Sou capaz de ficar muito tempo lendo no meu Kindle, mas fazer leitura em um tablet, não suporto mais que 30min.

3- Sim, o dispositivo com iluminação embutida vale a pena, ao invés do que não tem luz. Quem quer ter uma leitura fácil, a qualquer hora e em qualquer lugar (que é o propósito de um e-reader) deve adquirir a versão com iluminação. Senão vai acabar se arrependendo na 1a. ocasião que surgir a necessidade de usar o aparelho em um ambiente sem luz adequada.

4- Sim, o e-reader fomenta o hábito de leitura. Esse “aparelhinho” estimulou minha leitura de uma forma que eu jamais imaginaria. Sempre gostei de livros e, por isso, não resistia quando via uma novidade e acabava comprando vários ao mesmo tempo. Mas os livros ficam em casa; não dá pra levar tudo na bolsa. E eles sempre se acumulam e nunca dá para ler tudo... Agora, eu consigo ler vários ao mesmo tempo. Sempre que surge uma brechinha (ônibus, sala de espera, fila..), leio alguma coisa; escolho o que me dá vontade no momento (escolho na hora, pois está TUDO ali, disponível).

5- Não, o e-reder não é “a morte dos livros”. Quem gosta de livro (físico) vai continuar gostando. Mas a praticidade e portabilidade do e-reader é algo fantástico e indiscutível. Quem gosta de livro, vai continuar comprando, claro! Mas a gente lê muito mais do que quando tinha SÓ os livros.

6- Não, os e-readers não são todos iguais. Tive uma experiência bastante traumática com uma outra marca: textos desconfigurados (pdf), sistema leeento (muito mesmo!), travamentos frequentes, interface não-intuitiva e limitação nas funcionalidades da nuvem, que pode culminar na perda de todas as marcações e notas de estudo (terror total!).

7- Sim, o kindle é, atualmente, o melhor custo/benefício do mercado (na minha opinião). Eu estou super satisfeita! E, no dia que não estiver, venho aqui e conto. Conto mesmo! E, assim como eu, tem muita gente por aí contando as experiências com os mais diversos produtos. Então, pra não perder dinheiro, dedique um tempinho a buscar e comparar as opiniões dos usuários, antes de gastar o seu dinheiro.

8- Além de tudo, o Kindle tem uma interface intuitiva (facílimo de usar), armazenamento na nuvem com possibilidade de acesso (inclusive marcações e notas) a partir de outro dispositivo, o que protege seus dados (lembra que eu falei do problema que tive com outro, né?). E também oferece a possibilidade de converter arquivos pdf para o formato do Kindle. Claro que não são todos os arquivos. Às vezes, o arquivo não suporta a conversão. Mas, dos que eu fiz, a maioria deu certo. Isso pode não parecer nada demais, mas é! Com essa conversão, o texto (que, antes, era pdf) passa a ter todas funcionalidades de um e-book comum no seu Kindle.

Enfim, fiz essa resenha (longuíssima, eu sei) para externar minha satisfação com o Kindle, exaltando seus benefícios. Mas, sobretudo, para ajudar quem precisa se decidir. Então, se as vantagens listadas acima não lhe parecem proveitosas, talvez este não seja um produto para você. Neste caso, é melhor pensar mais um pouquinho antes de comprar. Mas se, durante a leitura, ficou pensando “poxa... é exatamente o que eu preciso”, pare de protelar. E, quando seu Kindle chegar (o meu chegou rapidíssimo: em 1 dia), após umas 2 ou 3 semanas, aposto que vai se perguntar “como passei tanto tempo sem um Kindle?” e também vai sentir vontade de fazer uma resenha como esta.
1414 comentários| 4.362 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
50 PRINCIPAIS AVALIADORESem 19 de maio de 2017
5 estrelas é pouco! Merece muito mais!

O Kindle é sem dúvida um produto maravilhoso. Eu estava em dúvida se compraria o e-reader da Amazon ou da Saraiva, mas me decidi pelo Kindle por ser muito mais bonito e pela Amazon ter um atendimento completamente diferente com o cliente, um atendimento espetacular.

A entrega foi super rápida, o produto veio muito bem embalado, e o Kindle é MARAVILHOSO! É prático de usar, leve, a tela realmente parece papel. Antes eu lia muito no computador e no Smartphone, mas a visão cansava rapidamente, tinha muita dor de cabeça e dificuldade para "pegar no sono" quando eu lia deitada na cama. Agora, tudo isso mudou. Minha visão não cansa mais, já que a iluminação do Kindle não incomoda como a de um Smartphone ou como a tela de um computador, não tenho mais dores de cabeça e o sono "chega mais facilmente".

É um produto ótimo para quem gosta de ler, e eu escolhi o Kindle Paperwhite por conta da iluminação embutida, o que facilita muito em locais com pouca luz ou no escuro.

Ele está atendendo todas as minhas expectativas e eu só me arrependo de não ter comprado antes! Coloco os livros que gosto ou compro na loja, coloco as aulas da faculdade, artigos, livros... É uma mão na roda! Sem falar que a bateria dura muito!

Minhas impressões:

Características:
Para mim tem o tamanho ideal, é como um "livro de bolso". Não ocupa muito espaço na bolsa, na mochila, ou na pasta... é bem fino, leve, e não escorrega da mão pois a parte de trás do Kindle tem um toque aveludado, é bem macio e gostoso de pegar (enche de marcas de dedo, o que incomoda muita gente), mas para mim isso não é problema já que fico lendo olhando para a tela e não para a parte de trás do aparelho.

Armazenamento:
Acho pouco, mas por enquanto não é algo que me incomoda ou que me atrapalha, mas deveria ter espaço para cartão de memória, isso seria bom.

Tela:
Realmente parece papel, a tela é meio fosca, é bem sensível ao toque e não reflete como a tela dos smartphones e dá para ler por horas sem parar.

Peso:
É um produto leve, bem mais leve que um livro. Não é cansativo ficar segurando ele.

Bateria:
Dura muito... Dura tanto que dá pra esquecer de recarregar!

Desempenho:
O meu está funcionando muito bem mesmo com a grande quantidade de arquivos que possui. Não trava, não demora a desligar/ligar a tela, abre os arquivos rapidamente.

Navegador experimental:
Como diz, é experimental. Não pense que você vai acessar seus e-mails ou suas redes sociais com ele, ele funciona, mas com limitações. Eu o utilizo mais para pesquisas rápidas, coisas simples e assim funciona bem. Já outros sites para acessar e-mail ou até mesmo o portal da faculdade, funciona até certo ponto. Mas nada que prejudique a experiência de uso ou as minhas impressões sobre o aparelho.

Capas de proteção:
Ou você compra no site da Amazon, ou você improvisa (pelo menos aqui em Fortaleza). Só achei em uma loja daqui e apenas em uma cor.
Para quem quer uma variedade de capas, cores e estampas, o jeito é comprar no Aliexpress, são muito mais baratas além de terem uma boa qualidade.

Independentemente da versão que você escolher, vale a pena comprar um Kindle. :) Eu estou amando o meu! ♥
review imagereview imagereview imagereview imagereview imagereview imagereview imagereview imagereview imagereview image
0Comentar| 419 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 26 de julho de 2015
Estava na dúvida entre comprar o novo Kindle ou novo Kindle Paperwhite. Como eu nunca tive um e-book reader, resolvi começar pelo mais simples, já que a diferença do preço entre ambos era significativa (a ideia de R$180,00 só pela luz e a maior resolução da tela não me agradava). Pouquíssimo tempo depois que o novo Kindle chegou em casa, a Amazon lançou promoção do novo Paperwhite e a diferença de preço caiu para apenas R$90,00. Legal... Pensei "então devolvo este, e compro o outro". E foi o que fiz. Tive a oportunidade de testar o novo Kindle e o novo Paperwhite nesse meio tempo, e adorei os dois, mas realmente o Paperwhite é o máximo!

Realmente nenhum dos aparelhos incomoda os olhos durante a leitura. Sinto que leio com maior concentração no Kindle (normal ou paperwhite) do que quando tentava ler e-books no iPad, exatamente pela ausência daquele brilho exagerado da tela do tablet.

Nessa experiência de comparação, percebi que a tal da luz interna realmente faz falta para o novo Kindle em algumas situações. Quando leio na cama, por exemplo, que a luz do quarto não incide diretamente sobre a tela, sinto que fica um pouco escuro, tenho que virar de bruços para ler. Com o Paperwhite isso não acontece. Dá para deixar a iluminação da tela bem fraquinha, e você acaba nem percebendo que tem luz: parece iluminação natural. (Me parece que a iluminação máxima da tela do Paperwhite é até exagerada. Até agora não precisei dela, nem para ler no escuro. A mais fraquinha já é boa mesmo).

Quanto à resolução da tela, o Paperwhite é realmente melhor. Parece livro impresso mesmo, enquanto as letras do novo Kindle parecem mais grosseiras. Mas sinceramente... Antes de conhecer o Paperwhite, a mais baixa resolução do Kindle não me incomodou em nada! Já me parecia perfeito! O Paperwhite só é MAIS perfeito! Rsrs

Ambos são SUPER leves em relação a um livro de verdade, mas dá pra sentir que o Paperwhite é um pouquinho mais pesado. (Nada que seja o fim do mundo...)

Enfim, comprem! Me sinto muito mais motivada a ler livros do que antes!!

Aaah, a opção de dicionário embutido e construtor de vocabulário é genial para quem lê livros em inglês!! Muito prático!!
33 comentários| 3.126 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 16 de maio de 2017
Comprei, finalmente, um Kindle; afinal, pois precisava estudar livros técnicos da minha área (informática), que são, frequentemente, muito pesados - muitos pesam mais de 1Kg - e também caros; O Kindle pesa coisa de 200g (o peso de um pacote de biscoitos), carrega de uma vez diversos livros que pesariam mais de 1Kg, e posso ler com conforto na cama, ou mesmo na condução para o trabalho, pois a possibilidade de aumentar as fontes de tamanho torna a leitura muito mais confortável em um ambiente instável, como um ônibus.

De quebra, ganhei a possibilidade de comprar alguns livros por preço bem menor: O livro "Pro JPA 2", por exemplo, custava, na época da compra, quase R$ 260 na edição encadernada, e apenas R$ 121,74 na versão eBook.

A legibilidade do Kindle é excepcional, especialmente a partir da versão Paperwhite, que tem tela de 300ppp (quem já estudou usabilidade, lendo Jakob Nielsen, sabe que letras bem definidas e serifadas aumentam a velocidade de leitura e o conforto visual). Poucos tablets possuem tal definição, e são sempre caros. Recomendo a versão Paperwhite sobre a versão básica também or conta do backlight (retroiluminação), que utilizo quase o tempo todo, mesmo de dia. Só a desligo se estiver com bastante luz natural no ambiente.
Posso afirmar, sem culpa, que estou lendo com mais conforto do que a maioria dos livros me proporcionaria. Vale dizer que uso óculos multifocais, e não enxergo especialmente bem.

O que o Kindle não é: não é um substituto para um Tablet. Se o que você precisa é acessar websites, ler e-mails, ou ouvir música, o Kindle até pode te atender nas primeiras duas tarefas, porém de forma muito precária (não recomendo). Música, esqueça. Também não recomendo para ler quadrinhos, mesmo em preto-e-branco. É até possível, mas a experiência não é boa.

Já se você precisa de um aparelho para armazenar livros (especialmente os grandes e desajeitados), e os ler com muito conforto e velocidade, o Kindle, definitivamente, pode ser para você.
0Comentar| 17 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 28 de janeiro de 2018
O meu deu problema com 6 meses de uso, de uma hora para a outra sem eu ter feito nada, porém, eu estou muito feliz com a Amazon! Assim que entrei em contato (eles ligaram instantaneamente) tentaram solucionar meu problema com passos simples, mas não foi possível, sendo assim, me depositaram um vale presente do mesmo valor do kindle paperwhite atual, foram menos de cinco minutos! E o mais impressionante é que não me questionaram nem pediram o meu kindle com defeito de volta, tiveram total confiança. Eu estou impressionado com a atenciosidade e profissionalismo da empresa! recomendo.
0Comentar| 14 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 26 de junho de 2017
KINDLE X (SMARTPHONE, TABLET, PC E LIVRO IMPRESSO)
Obs.: Tenho o Kindle Paperwhite Wi-Fi. Se for ler o que eu acho sobre, por favor, leia até o fim.

Minha opinião: Kindle > Smartpone, tablet, pc e livro impresso. Por que?
E-ink. O que se vê na tela do Kindle não é uma tela "digital" , igual a do seu smartphone, tv, etc. São arranjos de particulas MUITO pequenas.
No kindle só tem particulas de duas cores: preto e branco. As brancas são carregadas positivamente, as pretas negativamente e são separadas por um fluido. Estou explicando isto porque aqui reside uma diferença MUITO grande, que muitas pessoas que comparam Kindle com, tablet, smartphone e PC não sabem.
Ao olhar pra tela do seu smartphone, tablet ou PC você recebe a luz diretamente no seu olho constantemente, sem parar.. Se você desligar a fonte do seu monitor comum, ou display, ele para de funcionar, pois está constantemente gastando energia para iluminar. Já no Kindle, o que você lê é um arranjo FÍSICO de particulas superfinas, ou seja, uma vez que você deixa a página parada ela não gasta bateria alguma. Você pode deixar lá para todo o sempre, o kindle só gasta energia quando muda de página: o toque que você dá na tela inicia uma descarga no aparelho que faz com que as partículas se rearranjem na tela.
POR QUE ESTOU DIZENDO ISTO? PORQUE O DISPLAY DO KINDLE É UM ARRANJO FÍSICO DE PARTÍCULAS, ELE NÃO JOGA LUZ NA SUA CARA COMO SEU SMARTPHONE.

Entendendo isto, a comparação mais justa a se fazer é KINDLE X LIVRO IMPRESSO e aqui, na minha opinião, Kindle ganha também. Pelos seguintes motivos:
- No Kindle é possível aumentar e mudar a fonte;
-O Kindle Paperwhite tem 4 leds que iluminam A TELA(A TELA, não o seu olho, como no seu smartphone) e essa iluminação pode ter sua itensidade regulada pelo próprio usuário;
-Toque na palavra e veja o seu significado. O kindle vem com vários dicionários de várias línguas, se você passar o dedo em cima da palavra, o significado é exibido. Caso o termo não tenha no dicionário, ele automaticamente pesquisa na wikipédia. Caso você queira traduzir para outra língua, ele também faz isso.
-Marque seus textos e crie notas: no Kindle é possível você salvar suas notas e marcar texto. Ele salva notas no próprio livro na seção "notas" e as marcações de textos vão para um arquivo txt separado, chamado "meus recortes".
-Muito leve. O aparelho é realmente muito leve. O que o deixa um pouco pesado, mas ainda assim leve se comparado a livros, tablets e outros, é a capa.
-Armazenamento bom. O kindle tem 4GB de memória (Na realidade não. Pelo que notei ele vem com quase 3 GB livres e não tem entrada pra cartão de memória). Você pode dizer "Ain isso é muito pouquinho". Amigo(a) no momento tenho 191 livros no Kindle e todos eles ocupam apenas 339 MB. Ainda tenho mais de 2 gigas e meio livres pra botar mais livros, então não, não é pouca coisa. Isso não é um smartphone onde você vai botar música, fotos do whatsapp, atualizar aplicativos, etc.. Aqui só vai livros mesmo.
-Bateria dura MUITO. Meu kindle chegou sexta a tarde(a entrega era prevista para essa quarta-feira, ou seja, chegou bem antes do previsto) e eu não parei de ler de sexta até hoje a tarde. Ele está quase descarregando, mas eu lia das 8 às 23 e poucas(com iluminação no 11, que é quase pela metade do máximo), só parando pra comer , tomar banho, etc. Ou seja, a bateria realmente dura MUITO e isso se deve ao fato da tecnologia que eu disse a cima: o gasto de bateria só ocorre na transição da tela, no uso dos leds e wi-fi. Se você apenas usar para ler em um ambiente iluminado o gasto de bateria vai ser muito pouco.

Essas opções acima você não tem em um livro físico. Leio muito e pra mim é bom poder ter o significado quando eu quero, não ter que procurar muito os textos que marquei no livro e as vezes o livro vem com uma fonte pequena ou ruim de ler. A amazon lançou uma fonte chamada "Bookerly" que é bem confortável de ler. Isso tudo sem falar que você pode levar vários livros para onde quiser.

Enfim.. Parece propaganda, eu sei. Mas realmente o produto é muito bom. Não tenho do que reclamar. A única coisa que eu acharia legal (por questão de organização) é que as marcações também ficassem anexadas no próprio livro que você as fez. Já é possível fazer algo assim mas você tem que fazer uma nota pra ficar dessa forma.
0Comentar| 17 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 21 de julho de 2017
O paperwhite é uma delícia! Comprei numa promoção por 379,00 e valeu cada centavo, ótimo tanto para leitura no escuro como na luz do sol, senti um pouco de dificuldade na hora de inserir informações pessoais no dispositivo, a resposta do touch é ruim, eu era acostumada a ler no app da Amazon no tablet com fundo preto, senti falta dessa funcionalidade, mas nada crítico, pois a tela atende MUITO bem à necessidade de leitura por longas horas, muito leve e a parte de trás emborrachada dá muita segurança. Agora eu dou uma sugestão, migrem a conta para a Amazon.com, pois terão acesso à mais funcionalidades, vc pode assinar jornais brasileiros (o que não dá pra fazer na versão Br, pasmem!) e aparece a opção de postar no goodreads e na hora de comprar livros em português é só migrar a conta pro Amazon.com.br denovo.
review imagereview imagereview image
0Comentar| 14 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 6 de março de 2018
Sim, eu amava papel. O toque das folhas, o cheiro da impressão fresca. Ir para livrarias folhear... sou leitor compulsivo e cheguei a ter uma biblioteca e minha casa com 1.000 livros, a maioria deles lidos de capa a capa.

Um dia ganhei um Kindle de geração 2. Não me adaptei. Papel é outra coisa, não há o que substitua o contato com o papel... isso até experimentar essa pequena maravilha com iluminação embutida! Sim, é melhor do que papel! Uma biblioteca acumula poeira e a maioria dos livros nunca mais serão abertos.

Continuo lendo meus 40 livros por ano, mas todos em formato digital. Tenho vários aparelhos, um para minha casa, outro no trabalho... e as páginas ficam sempre sincronizadas... e é praticamente inquebrável!

A tela não ofusca, pois não é ativa, como a dos celulares, tablets e monitores de vídeo: neles são LEDs brilhantes num fundo preto. Neste o fundo é branco e a imagem é formada com tinta eletrônica. Não cansa a vista de jeito nenhum!

Agora uma dica: se pensa em comprar aquele modelo básico apenas para experimentar, nem perca seu tempo, o aparelho sem a iluminação é péssimo!
0Comentar| 6 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 8 de setembro de 2017
Há uns 2 meses vinha me questionando sobre o 'espaço' físico da minha estante de livros, que já não suporta mais nada, diante da quantidade já existente. E esse foi o primeiro problema que me fez pensar em comprar um e-reader. Lembrei que uma colega ganhou um de páscoa e pedi para ela trazer para o escritório para eu poder 'ver' com as mãos com ele era, peso, luminosidade, bateria, enfim, tirar minhas dúvidas com alguém que já tinha. Foi paixão a primeira pegada. Parti para a próxima definição, qual marca; li e reli comentários na web, falei com mais usuários conhecidos e todos me levaram ao Kindle. Comprei!
Chegou super rápido e com o sistema de 'baixe uma amostra' (de graça) já comecei a usá-lo no mesmo dia.
Enfim, ele é tudo o que promete ser. Super recomendo.
A única coisa que me incomodou foi o fato de alguns livros digitais serem o mesmo preço do físico, isso ainda estou tentando 'digerir', pois realmente não entendo. Até acho que nestes caso, vou continuar comprando o livro físico depois de ler a 'amostra' pois assim posso pelo menos emprestar o livro ou doar...
Enfim, fica a crítica para ser analisada a quem couber de direito.
22 comentários| 9 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
50 PRINCIPAIS AVALIADORESem 2 de junho de 2017
Eu tive e usei o Kindle, aquele na versão sem luz por mais de um ano, e agora pegando o Paperwhite algumas coisas me incomodaram.

A primeira delas é que nesta versão, a traseira do aparelho usa um material como se fosse emborrachado, onde talvez devesse visar a aderência da mão sobre o aparelho. Porém é justamente o contrario, você acaba tendo a mão deslizando. Na versão sem Luz, a traseira é de um plastico seco com textura onde funciona muito melhor, não deixando a mão escorregar.

O segundo ponto que me incomodou, é que as bordas laterais do Kindle Paperwhite são levemente mais finas que a borda do kindle sem luz, então quando você apoia o dedão no Kindle sem luz, fica um tamanho bom pra manter a pegada no aparelho. Já no paperwhite o meu dedão passa um pouco e começa a ficar levemente sobre a tela do aparelho.

Porém é claro que nada disso me impediu de achar a versão Paperwhite tão fantástica quanto a anterior que tive, e o fato de ele possuir luz o tornou muito superior. Hoje posso ler na cama e quando sentir sono, simplesmente virar pro lado e dormir. Com o outro aparelho era preciso me levantar da cama e ir apagar a luz pra então voltar pra dormi. Também é irritante o fato que na versão sem luz, dependendo do ambiente pouco iluminado, a tela me incomodava pois ficava escura, já no paperwhite não existe esse tipo de problema já que você controla a luminosidade dele de 1 a 10.

Apesar dos pontos levantados eu acho que a versão Paperwhite vale muito mais apena que a versão sem luz no quesito Custo x Beneficio. Recomendo.
0Comentar| 7 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso