Amazon Prime Video Books eBooks Kindle eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Novo Kindle Oasis Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick HI Kitchen Computers VideoGames Wireless



em 8 de junho de 2017
Pecadora foi o primeiro livro de Nana Pauvolih que eu li. A autora, que é referência em literatura erótica no país, me surpreendeu de maneira que jamais imaginei ser possível. Quando li a sinopse de Pecadora, confesso, imaginei que a história seguiria um caminho muito diferente. Primeiro pelo tom inovador e ao mesmo tempo delicado, pois falar em uma mesma narrativa sobre temas tão polêmicos não é tarefa das mais simples. Mas ela conseguiu, e adianto que fez isso com maestria. Este é um romance erótico e como tal, as cenas mais quentes estão ali. Mas diferente de diversos livros no estilo, aqui a relação carnal não é o foco, mas sim um meio para um fim. A autora fala sobre uma personagem que sente uma dor existencial imensa, porque luta contra sentimentos e sensações que foram desde cedo condenados por conta da religião. Coisas muito simples e para muitos corriqueiras, não fazem parte da vida de Isabel. Por isso ouvir rock ou MPB, cortar os cabelos, usar uma roupa mais sensual, receber carinho do marido, ou simplesmente questionar seu papel e posicionamento na relação, são atitudes inaceitáveis. Então a narrativa mostra a jornada de auto descoberta e transformação de uma menina em uma mulher. E é lindo ver Isabel desabrochar e tomar as rédeas da própria vida. Uma das maiores dúvidas que tive ao iniciar esta leitura, foi relacionada a como a autora iria conciliar a religião de Isabel e sua necessidade de mudança. Ela se voltaria contra Deus e contra a igreja? Deixaria de acreditar em tudo aquilo que a guiou durante sua existência? Abriria mão do amor por conta da culpa? E essa dúvida foi se dissolvendo durante a narrativa, e a cada página que eu virava mais percebia que Nana Pauvolih conseguiu sublimar todos os sentimentos ruins que haviam ali. Com muita sutileza e assertividade, transformou um romance erótico em um livro que fala sobre questões difíceis de maneira sensível. Aqui não há vulgaridade, aqui não existe a relação carnal usada como artifício para preencher espaços vazios na página. Pecadora é uma história sobre amor, sobre descoberta, sobre perdão e aceitação. É um livro que prende o leitor com uma escrita fluida e envolvente, com diálogos que são ao mesmo tempo quentes e encantadores. É um livro que promete agradar aos fãs do gênero e que pode também servir como porta de entrada para aqueles leitores que não conhecem o trabalho da autora, mas que preferem iniciar com um erótico mais leve, por assim dizer. Minha única ressalva é que eu queria mais do casal como casal. Digo isso porque o livro mantém uma atenção maior à jornada de Isabel enquanto pessoa, enquanto mulher, e quando ela finalmente se encontra e descobre maneiras de viver em paz sem abrir mão de suas paixões, o livro acaba. Ficou aquele gostinho de quero mais, seja esse mais em forma de epílogo do epílogo, em forma de conto, em forma de continuação… Cabe a autora decidir
review image
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
Acredita que aja pessoas como Isabel. Ela! Que acreditou numa religião que nada podia fazer e se sufocou com a própria religião e se libertou aos poucos dos costumes e preconceito que vinha da religião que ela seguia des que de criança junto com os pais que era cevero em relação às iscrituras sagrada de Deus. Bom! Se eu digitar mais um pouco vou contar a história toda. Lei vcs vão amor se comover com a história de um romance que começou com Isabel que evangélica. Uma menina meiga que ama sua família
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 11 de novembro de 2017
As histórias da Nana são impossíveis de não adorar.
Tudo que ela escreve, até receita de pão é perfeito.
Te prende do começo ao fim, vc só respira o livro.
Como todos os outros livros da autora, super indico e recomendo.
Se tiver o oportunidade leia tudo que essa autora publicou.
Simplesmente apaixonante Pecadora
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 19 de setembro de 2017
Que livro é esse amo os trabalhos de nana Pauvolin sou uma nanete assumida ela sempre me surpreende e com esse não foi diferente não consegui parar de ler o que mais gosto nessa escritora e o que toda vez que leio seus livros sinto todas as emoções dos personagens . Simplesmente amei estou emocionada super recomendo.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 20 de novembro de 2017
Recomendo a leitura de Pecadora a todos que desejam ter uma vida mais livre de preconceitos e submissões a dogmas religiosos.
Criada em um seio familiar evangélico e extremamente rígido, Isabel vive sob as sombras de uma relacionamento abusivo, machista e autoritário e, aos poucos, sua autoestima vai definhando. Porém, uma necessidade de mudança sempre a acompanhou. Isabel não queria muito, não queria ser rebelde. Queria ser uma mulher que pudesse viver de forma feliz e livre, sem deixar de ser religiosa. Acompanhei os dramas de sua vida com um aperto no peito e muita angústia em alguns momentos do livro. Se eu pudesse entrar na história, teria segurado-a pelas mãos, dado um abraço e desejar muita força para persistir nas suas vontades e sonhos.

O livro tem um enredo muito fluido e, a cada capítulo, a vontade de desvendar os caminhos da vida de Isabel nos prendem à leitura. Nana está de parabéns com esta obra-prima. Chorei, sorri, fiquei ansioso para saber o que viria pela frente, fiquei extremamente sentido pela história de vida que Enrico teve que enfrentar ainda jovem e, em todos os momentos, me reconheci um pouco com a vida deles. Quantas vezes deixamos de tomar certas decisões em nossas vidas com medo do julgamento? Seja de familiares e amigos, quem nunca temeu ser rejeitado por determinado tipo de comportamento ou decisão?

Nana acertou em cheio em todos os aspectos. O erotismo, marca presente em suas obras, não é a temática central do livro. Isabel e Enrico vão muito além de noites recheadas de prazer e sexo. Aos poucos, se descobrem como um casal apaixonado, deixam o medo de lado e passam a levar uma vida plena, com amor, com Deus, com os filhos. Com tudo que é de mais maravilhoso na vida. Se eu amei "Pecadora"?
Com certeza recomendarei a leitura a quem chegar até mim pedindo uma recomendação de livro romântico.

Aproveito essa resenha para exaltar a obra de Nana e pedir que, se Pecadora não te agradou, tem alguma coisinha desajustada na sua cabeça rsrs... é simplesmente impossível não gostar e se emocionar com essa obra. Desejo do fundo do meu coração que muitas "Isabéis" se descubram e passem a viver com liberdade e segurança suas vidas - sem medo ou indecisões - após a leitura deste primor de livro.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 5 de novembro de 2017
O livro me prendeu de um jeito que quando peguei para ler não conseguir parar. A Nana conseguiu abordar um tema tão delicado e de maneira muito inteligente. Mostrava o lado da Isabel, abordando a religião mas em momento algum incitava o desrespeito, ou falava que quem seguia tal religião estava vivendo algo bom ou ruim... Tipo, tudo no fundo é a questão do pessoal, do se sentir bem, se sentir feliz. E no livro vi algo semelhante ao que eu sempre penso e "discuto" com colegas e pessoas do meu convívio, Deus vai muito além de regras, Ele é AMOR, acima de tudo Ele é amor. E quer que sejamos felizes, e so podemos transmitir algo próximo algo que temos. Então praticar o bem, amar mais o próximo e ser feliz, isso é o agir de Deus na nossa vida.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 26 de junho de 2017
O livro saiu a alguns meses e eu acabei demorando pra poder começar mas quando peguei não consegui mais largar . Maravilhoso a história te prende te faz pensar em muitas coisas , um dos melhores livros da Nana Pauvolih ... E uma frase vai ficar em minha memória pra sempre " A Dor tem esse poder de deixar a gente na dúvida, temendo que coisas ruins aconteçam e tragam de novo o desespero" Parabéns Nana Pauvolih fantástico ....
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 4 de julho de 2017
Não sei como Nana consegue tal proeza, mas o fato é que seus personagens são tão viscerais que sentimos como se fossemos eles. O coração acelera, sentimos dor. É incrível! Ela interpreta a alma humana como poucos. Parabéns.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 14 de abril de 2017
Lei tudo dessa autora, considero esse livro um dos seus melhores, pelo tema forte e atual, uma boa reflexão sobre dogmas religiosos e muitos preconceitos da nossa sociedade, além do conteúdo hot , na medida certa. Achei que o final poderia ser mais explorado, em especial a questão dos pais, fator forte e emblemático durante todo o livro. Nana é excelente escritora, fico sempre esperando o próximo.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 2 de abril de 2017
Adorei.
Muito diferente de todos os livros que já li. Me deu até vontade de ler a Bíblia. Rsrsrsrs.
Adorei as filosofias. Adorei a Isabel e me apaixonei pelo Enrico. Parabéns Nana.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso

Os clientes também visualizaram estes itens:

Libertina
R$7,99

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui